Confrei – benefícios e propriedades


A confrei é também conhecida como “consolda maior” e consolida” e em inglês como comfrey. O confrei é uma planta medicinal, que está entre as mais importantes e indispensáveis. O confrei nasce em prados pantanosos, beiras de campos, em valas úmidas e em beiras dos rios. O confrei também é encontrada muitas vezes em cercas e montes de entulhos. Florescendo durante o ano inteiro. As folhas dessa planta, são ásperas e muito pontiagudas. A raiz perene, de cor marrom-escura e até preta, na parte externa e branca amarelada, na parte interna, tem a espessura de um polegar e quando cortada apresenta uma viscosidade e é mesmo untuosa ao tato. Confira a seguir : confrei – benefícios e propriedades.

O confrei é uma planta de raiz profunda, e não exite perigo de ser uma planta extinta. As raízes do confrei, precisam ser escavadas na primavera ou no outono e para tanto deve-se usar uma pá pontiaguda. O confrei fresco deve ser colhido antes que aconteça sua floração. O confrei também existe em forma de extrato, e possui uma propriedade curativa maravilhosa e pode ser facilmente preparado. As folhas da planta quando escaldadas e transformadas numa papa quente e colocada como cataplasma sobre os membros paralisados, ajudam se o mal provém de extenuação (excesso de trabalho), luxação, deslocamento ou de um ataque de apoplexia.

As raízes do confrei moídas, conhecidas também como “farinha de confrei”, são encontradas hoje em muitas farmácias. Os cataplasmas da raízes de confrei trazem possíveis alívios aos doentes  de paraplegia e em caso de úlcera viscosa, nódulos musculares reumáticos, nódulos (gota), edemas, dona na nuca, dor de coto (amputação) e, inclusive, contra periostite (inflamação das membranas que cobrem os ossos).

Confrei – benefícios e propriedades (doenças)

Confrei - benefícios e propriedades

Das raízes do confrei, pode-se preparar um chá para ser tomado um chá que auxilia no combate ao catarro bronquial, transtornos no aparelho digestivo, gastrorragia e pleurite. É recomendando que seja ingerido duas a quatro xícaras de chá de confrei durante o dia, e em pequenos goles. Para doenças como úlceras do estômago, recomenda-se um chá composto de 100 gramas de confrei, 50 gramas de calêndula e 50 gramas de centinódia.

É importante ressaltar que compressas molhadas com o extrato de confrei foram utilizadas com bastante sucesso para curar lesões externas e internas, feridas de todo tipo, contusões, hematomas e fraturas. As folhas de confrei não devem ser usadas apenas para cataplasmas, mas também como aditivo de banhos de corpo contra dores reumáticas, gota, dores nos ossos, transtornos da circulação do sangue e lesões intervertebrais. Para tratar transtornos de circulação nas pernas, varizes e para tratamento pós-operatório de fratura nos ossos, recomenda-se banhos de assento utilizando o confrei. Em diferentes regiões o confrei é usado na massa do omelete, desta maneira adicionando nas refeições, faz com que todos que comam desses alimentos se beneficie desta erva medicinal.

Modos de preparação

Maceração de raízes : Colocar para macerar durante a noite em 1/4 de litro de água fria duas colheres de chá de raízes em pedacinhos. No dia seguinte, aquecer ligeiramente e passar pela peneira. Beber em goles.

Infusão para úlcera de estômago : Em um recipiente, colocar uma colher de chá bem cheia das ervas, acrescentar 1/4 de litro de água fervente, deixar repousar por três minutos e beber de três a quatro xícaras da infusão, em goles distribuídos durante o dia.

Cataplasmas e raízes : Moer raízes bem secas, até ficarem bem finas, e colocar em uma xícara com água fervente e algumas gotas de óleo, mexendo até formar uma papa. Estender essa massa sobre um pano e enfaixar, ainda quente, o lugar afetado.

Cataplasma de folhas frescas : Lavar e amassar sobre uma tábua folhas recém-colhidas e colocar a massa resultante sobre os lugares afetados, enfaixando-os.

Cataplasma de folhas escaldadas : Escaldar folhas de confrei e usar como cataplasma.

Banho e corpo : Colocar de molho 500 gramas de folhas de confrei frescas ou secas durante a noite em cinco litros de água fria. No dia seguinte, aquecer até o início da fervura, peneirar e misturar o líquido à água do banho.

Banho de assento : Proceder do mesmo modo que para o banho de corpo, porém usando somente 200 gramas de folhas.

Extrato : Lavar bem as raízes do confrei usando uma escova. Cortar em pedacinhos e colocar em uma garrafa até o gargalho, sem socar. Cobrir trudo com uma boa quantidade de cereais ou álcool. Deixar tampada a garrafa durante 15 dias ao sol ou perto de uma fonte de calor. Todas as raízes devem ficar cobertas pelo álcool.

Pomada : Lavar e cortar em pedacinhos de quatro a seis raízes frescas e fritar rapidamente em 250 gramas de banha pura da barriga do porco e deixar repousar durante a noite. No dia seguinte aquecer um pouco e coar em um pano, espremendo-o. Em seguida, colocar em pequenos recipientes bem limpos e guardar na geladeira. pode ser usada a pomada de confrei em vez da cataplasma das raízes, É indispensável para o tratamento de confrei em vez da cataplasma das raízes. É indispensável para o tratamento de feridas em seres humanos e em animais.

Vinho: Lavar e cortar em pedacinhos de duas a cinco raízes frescas, deixando macerar em um litro de vinho branco durante cinco a seis semanas. É um excelente remédio para os que sofrem do pulmão.